Moradores e turistas reclamam de falta de policiamento em Cabo Frio

Moradores do Peró, o maior balneário de Cabo Frio depois da Praia do Forte, estão reclamando da falta de policiamento por parte da PM e da Guarda Municipal da cidade. Na madrugada desta segunda-feira, não havia um único guarda municipal para fechar o trânsito na Praça do Moinho, principal ponto de concentração dos blocos, foliões e turistas que estão passando o carnaval no balneário, segundo matéria publicada no jornal O Globo.

“Só contamos com dois guardas municipais durante o dia, quando a praia tinha mais de 30 mil pessoas. À noite, não apareceu nenhum guarda municipal. Sem o fechamento das ruas, foi o caos. Infelizmente, este problema se repete todo ano no carnaval”, lamentou o funcionário público Alexandre Murilo de Oliveira.

A falta de policiamento por parte da PM acabou aumento a confusão. Jovens deixaram carros de som com volume alto até o fim da madrugada e a falta de controle no trânsito provocou conflitos. Moradores e comerciantes pediram ajuda ao 25º BPM, mas o policial que atendeu informou que tinha que pedir reforço aos PMs que estavam em Unamar, a 50 quilômetros do Peró. O reforço só chegou às 2h45m. Na Praça do Moinho há um posto da PM que foi inaugurado em dezembro mas ainda não foi ocupado pela corporação.

Na manhã desta segunda-feira, o Serviço de Relações públicas do Comando da PM, no Rio, informou que os moradores e turistas devem reclamar diretamente com o comando do 25º BPM (Cabo Frio). O 25º BPM informou que mantém policiamento permanente no Peró. O major Menezes garantiu, contudo, que enviará reforço para o balneário para evitar novos problemas. O Secretario de Segurança de Cabo Frio, Adalberto Porto, disse que foram destacados 20 homens para o local, sendo dois guardas municipais e 28 agentes de trânsito.

Informações: Jornal O Globo
Foto: Reprodução/ O CIDADÃO

,

Sem comentários aqui.

Deixe um Comentário

Deixe sua opinião aqui. Seu e-mail será mantidos em sigilo.