NOTÍCIAS

Desabamento do edifício Leme, em Olinda, soma cinco óbitos

Bombeiros ainda procuram uma vítima nos escombros do Edifício Leme Guilherme Gusmão/LeiaJá Imagens

O Corpo de Bombeiros Militares de Pernambuco (CBMPE) encontrou, na noite desta sexta-feira (28), mais duas vítimas nos escombros do Edifício Leme, que desabou na noite da , no bairro Jardim Atlântico, em Olinda. Elas já se encontravam sem vida no momento do resgate.

Foto: Guilherme Gusmão/LeiaJáImagens

O Coronel do Corpo dos Bombeiros, Wagner Pereira, informou que a demora para encontrar os corpos se deu devido a uma grande laje, que estava por cima, dificultando o acesso ao restante dos escombros. “No local tinha uma laje muito grande, por cima, então a gente precisava romper essa laje de forma cautelosa para que o restante dos escombros ao redor não caíssem por cima”, explicou o coronel em coletiva.

De acordo com informações oficiais, as duas vítimas são do sexto feminino. O Coronel Wagner Pereira também afirmou que os corpos foram encaminhados para o Instituto Médico Legal (IML), que já se encontra no local, onde vão chamar familiares das vítimas para, junto à equipe de assistência social, identificá-las. Elas foram encontradas próximas uma da outra, como se estivessem no mesmo cômodo do apartamento.

As duas vítimas se somam as três nos escombros do edifício, totalizando cinco mortes até o momento. O CBMPE informa ainda que continua na busca da última pessoa desaparecida, uma idosa de 60 anos.

Sobreviventes

Até a tarde desta sexta-feira, os bombeiros resgataram cinco moradores com vida, sendo três mulheres e dois homens. Duas mulheres, ambda de 25 anos, estão sob cuidados na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Olinda, e outra, de 30 anos, foi encaminhada para o Hospital Miguel Arraes. Os dois homens, de 44 e 53 anos, foram para o Hospital da Restauração.

Com informações de Guilherme Gusmão

Tags:
Link: