PM que auxiliou em parto de emergência em Osasco





A equipe de policiais, que chegou em instantes, foi acionada por meio do Centro de Operações da Polícia Militar (Copom)



A equipe auxiliou no parto para que a bebê nascesse sem complicações

O último domingo (23) ficará marcado na memória da família Alves e de dois policiais militares que auxiliaram no parto de Maila. A criança nasceu durante uma emergência no bairro Industrial Anhanguera, em Osasco.

LEIA TAMBÉM: “Sensação de extrema alegria”, diz PM que auxiliou em parto na zona sul de SP

Os policiais do 14º Batalhão de Polícia Militar Metropolitano estavam de plantão quando receberam o chamado para socorro do Centro de Operações da PM (Copom). Uma amiga da mãe ligou para o 190 pedindo ajuda, informando que a mulher estava em trabalho de parto.

Em instantes, a equipe estava no endereço. Os policiais encontraram a mãe no chão da rua, já em trabalho de parto, e, então, ligaram para o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Os policiais iniciaram os procedimentos de emergência.

A equipe paramentada auxiliou a mãe para que a bebê nascesse sem complicações. Momentos depois, o choro da recém-nascida ecoou baixo e Maila Alves veio ao mundo.

O cabo Filipe Pereira foi um dos responsáveis pelo parto. “Chegamos em menos de cinco minutos. O tempo foi essencial para que o nascimento acontecesse em segurança”, disse. “A bebê nasceu em nossas mãos”, completou o PM.

LEIA TAMBÉM: SP investe 400% a mais para incentivar partos normais no SUS

Esse foi o primeiro parto realizado pelo cabo, que está na corporação há cinco anos. “Fiquei muito satisfeito em poder ajudar.”

Com a chegada do resgate, os policiais acompanharam a mãe e a filha à Maternidade Amador Aguiar para receber os cuidados necessários de pós-parto.

Siga o canal “Governo de São Paulo” no WhatsApp:
https://bit.ly/govspnozap